Uerj lança editais de oferta tecnológica para licenciamento de patentes e programas de computador

30/05/202317:56

Diretoria de Comunicação da UERJ

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está lançando, pela primeira vez, editais de oferta tecnológica. O objetivo é levar ao mercado ativos intelectuais desenvolvidos pela instituição, como patentes e programas de computador, promovendo capacitação e autonomia a empresas nacionais. Até o dia 16 de julho, interessados em adquirir licenças podem se inscrever por meio de carta de intenção.

São dois editais publicados pelo Departamento de Inovação (InovUerj), da Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PR2), que diferem entre si na modalidade de transferência de tecnologia: exclusiva ou não exclusiva. É possível pleitear mais de uma licença, dentre as 20 opções disponíveis.

“Os critérios usados para o enquadramento nessas modalidades consideraram a avaliação sobre o tipo de propriedade intelectual, as suas características intrínsecas e as possibilidades de mercado”, explica a professora Marinilza Bruno de Carvalho, diretora do InovUerj.

Solução simples e eficiente

Criado por pesquisadores do Laboratório de Radioecologia e Mudanças Globais (Laramg), o CoronaTrack é uma das invenções na lista. O dispositivo portátil foi desenvolvido durante a pandemia de Covid-19 para monitorar a carga viral de Sars-cov-2, ao mesmo tempo que permite rastrear o trajeto do usuário.

De acordo com o professor Heitor Evangelista, que coordenou o projeto, o aparelho identifica micropartículas no ambiente. “Ele funciona como um ‘AerosolTrack’, podendo ser utilizado no monitoramento individual da qualidade do ar, tendo como vantagens o baixo custo e o GPS interno. É uma solução eficiente para áreas de mineração, área médica e na indústria como um todo”, destaca.

Os editais e a relação de todas as tecnologias estão disponíveis no site do InovUerj. Mais informações sobre os procedimentos de inscrição e as etapas da seleção pelo e-mail inovuerj@sr2.uerj.br.