Uerj inaugura hospital em Cabo Frio e anuncia criação de cursos de graduação na cidade

15/10/202117:24

Diretoria de Comunicação da UERJ

A Região dos Lagos agora tem uma nova unidade de saúde pública. A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) inaugurou, nesta sexta-feira (15), o Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro, em Cabo Frio. Inicialmente, o local vai priorizar o atendimento aos pacientes com Covid-19 e o tratamento das sequelas provocadas pela doença. No futuro, será ligado à Faculdade de Ciências Médicas que a instituição abrirá na cidade. 

A solenidade contou com a presença de autoridades da Uerj e do governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro; do Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr Serginho; do Secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos; e do prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, entre outros.

O Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro tem capacidade para até 50 leitos. Os leitos de UTI são equipados com ventiladores mecânicos e monitores multiparâmetros doados pela Rede D’Or, por intermediação do Movimento União Rio. O hospital vai contar com o trabalho de cerca de 380 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, fonoaudiólogos e pessoal administrativo.

A unidade, que era da iniciativa privada, estava fechada desde dezembro de 2020, mas foi incorporada à Universidade por meio de parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, possibilitando sua reabertura como hospital universitário do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para marcar a transferência para a rede pública, seu novo nome presta homenagem ao médico sanitarista e ex-reitor da Uerj Hesio Cordeiro, professor do Instituto de Medicina Social da Universidade. Cordeiro foi um dos idealizadores do SUS.

O governador do Estado do Rio de Janeiro Cláudio Castro ressaltou a importância desta iniciativa para a valorização fluminense. “Precisamos olhar da mesma forma para a capital e para os municípios do interior, alavancando o desenvolvimento regional”. 

Já o pró-reitor de Saúde Denizar Vianna lembrou o apoio prestado pelas unidades que compõem o complexo de saúde da Uerj. “A inauguração de hoje foi possível graças ao trabalho das equipes do Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Policlínica Piquet Carneiro e de toda a Universidade”.

O titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Dr. Serginho, agradeceu o empenho da Uerj e ressaltou que o serviço não será oferecido apenas na pandemia, mas permanecerá como legado para toda a região. “O hospital vai ficar inserido no Sistema de Regulação do Estado, permitindo atendimento da população não só do município, mas de toda a Baixada Litorânea”, afirmou o secretário.

Novos cursos de graduação

O reitor Ricardo Lodi destacou o grande esforço conjunto que envolveu a Secti, a Secretaria de Saúde, o Governo do Estado e diversos setores da Universidade. “Agradecemos a constante parceria, que está rendendo frutos não só agora, aqui em Cabo Frio, mas também permitindo a possibilidade de a Uerj fornecer auxílios importantes à nossa comunidade acadêmica”.

Segundo o reitor, a presença da Universidade na Região dos Lagos não se limitará ao hospital. “Estamos em processo de aquisição do imóvel ao lado para instalação do curso de Ciências Médicas. E a ideia é abrirmos também os cursos de Ciências Ambientais e Geografia”, revelou Lodi, acrescentando que os planos incluem ainda ações extensionistas direcionadas à população.

“Hoje é uma alegria especial oferecida pelo destino, porque a inauguração ocorre no Dia do Professor. Isso tem importância simbólica, pois reforça a nossa missão de unir o pensamento científico e a inovação praticados na Universidade com as necessidades do povo do estado do Rio de Janeiro”, finalizou o reitor.