Teatrão tem dia dedicado à cultura japonesa

05/12/201816:04

Diretoria de Comunicação da UERJ

Evento reuniu oficina de origami, cerimônia do chá, judô, exposição e música

O Teatro Odylo Costa, filho se transformou em um pedacinho do Japão no dia 27 de novembro, em homenagem aos 110 anos da chegada de imigrantes do país ao Brasil. O evento, organizado pela Divisão de Teatro, Instituto de Letras, Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro (OSRJ) e Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro, reuniu uma série de atividades com a proposta de oferecer um dia de imersão na cultura nipônica.

“O maestro da orquestra trouxe esta temática à equipe do Teatro, que nos procurou e buscamos acrescentar algumas atividades. Como coordenadora de extensão do projeto Descobrindo a Cultura Japonesa, em parceria com o consulado, temos feito uma série de eventos aqui na Uerj, com grande interesse de alunos e também público externo”, contou a professora Elisa Massae, do Setor de Japonês do Instituto de Letras.

A programação começou à tarde, com exposição de vestimentas tradicionais e peças marcantes, como uma réplica de armadura samurai. Também houve demonstração de Sadô (cerimônia do chá), além das artes do kyudô (arco e flecha) e judô. Representando a cultura pop, cosplayers desfilaram fantasias de seus personagens favoritos do cinema, anime e mangá. Um workshop de origami ensinou os participantes a confeccionar pássaros de papel – os tsurus.

“O tsuru é um grande símbolo da cultura japonesa, que representa longevidade, paz, fortuna”, explicou Massae, responsável pela atividade. Em conjunto com alunos da Universidade, a professora preparou três mil dobraduras. Uma parte foi distribuída ao público e outra foi usada na decoração do palco do teatro, em um cenário elaborado pela designer e cenógrafa Alice Bodanzky.

À noite, teve início o concerto da OSRJ, apresentando repertório que percorreu do clássico até o moderno. No programa, destaque para a obra de abertura, KASATO MARU, composta pelo regente maestro Rafael Barros Castro especialmente para a ocasião da data comemorativa e que teve no evento sua estreia mundial. O show contou ainda com a participação especial da pianista japonesa Midori Maeshiro e do grupo Rio Nikkei Taiko com seus tradicionais tambores japoneses, celebrando 15 anos de atividades.