Uerj Sem Muros volta ao formato presencial, com apresentação da produção acadêmica e prestação de serviços

07/11/202218:27

Diretoria de Comunicação da UERJ

A comunidade acadêmica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) se reúne a partir desta segunda-feira (7) até sexta (11), para a 31ª edição da Uerj Sem Muros. Após dois anos, o evento volta ao formato presencial com o objetivo de apresentar à sociedade produções científicas em diversas áreas do conhecimento, envolvendo pesquisa, ensino, extensão e cultura.

O tema deste ano é “Amazônia: vida e preservação” e a organização está a cargo das Pró-reitorias de  Graduação (PR1), Pós-graduação e Pesquisa (PR2), Extensão e Cultura (PR3), Políticas e Assistência Estudantis (PR4) e Saúde (PR5).

Várias ações ocorrerão de forma simultânea em diferentes campi, como Maracanã, Resende e São Gonçalo. Os alunos participam das atividades da 20ª Semana de Graduação, da 31ª Semana de Iniciação Científica, além da  24ª Mostra de Extensão, da Feira de Prestação de Serviços e do Espaço Ciência. Haverá apresentação de pôsteres, comunicações orais, mostra de estágios e atividades culturais.

Semana de Graduação

A 20ª Semana de Graduação homenageia os cem anos do educador, sociólogo, antropólogo, professor, escritor e indigenista Darcy Ribeiro. O evento, que anualmente apresenta e avalia os projetos vinculados à PR1, contará com a Mostra de Estágios Internos, com a participação de bolsistas nas modalidades administradas pelo Departamento de Estágios e Bolsas (Cetreina), como Estágio Interno Complementar, Iniciação à Docência e Monitoria.

De acordo com a diretora do Cetreina, Renata Rocha Jorge, foram submetidos 628 projetos. “Todos os estudantes gravaram vídeos, e 180 foram selecionados para apresentação presencial de pôsteres nos dias 8 e 9 de novembro. Eles concorrerão ao Prêmio da Semana de Graduação”, explica. Ao todo, serão distribuídos 21 vales-livros no valor de R$ 500,00. “Este ano, também receberemos alunos de escolas públicas de Ensino Médio, por meio do projeto ‘Encaminhando à Universidade’, que poderão conhecer os diversos projetos e as diversas iniciativas da Universidade”, complementa Renata.

Para os alunos interessados em buscar uma vaga no mercado, a Mostra de Estágios ocupará o hall do Bloco C, no 1º andar do campus Maracanã, de 8 a 10 de novembro, das 10h às 16h, com a participação dos seguintes expositores atuantes na área de estágios: Grupo Capacitare, Academia do Universitário, Provedor de Talentos, ISBET, CIEE, Fundação Mudes, Americanas S.A. e PRIO. Para o dia 8, às 14h, no auditório ao lado do Bradesco, está marcada a palestra “Como desenvolver bons relacionamentos com os recrutadores e alavancar sua carreira”.

Já a Mostra de Trabalhos de Conclusão de Curso, coordenada pelo Departamento de Desenvolvimento Acadêmico e Projetos de Inovação (Dapi), apresentará mais de 80 trabalhos submetidos e postados no canal da PR1 no YouTube. Serão premiados os quatro vídeos dos TCCs mais curtidos da playlist.

Iniciação científica: novo formato

Depois de dois anos sendo realizada em modo remoto, a Semana de Iniciação Científica (Semic) retorna ao presencial com novidades. Em sua 31ª edição, o evento, organizado pela PR2 adota uma proposta inovadora, em que os alunos de todas as áreas apresentarão seus trabalhos oralmente, com o auxílio do Power Point, em vez das tradicionais exposições em pôsteres dos anos anteriores.

Segundo Ana Paula Pereira Marques de Carvalho, coordenadora dos Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica, a escolha pelo novo formato passa pela necessidade de resgate das relações interpessoais após a pandemia. “Tomamos essa decisão para tornar o evento mais rico e possibilitar que os alunos tenham um retorno sobre as suas pesquisas de uma maneira mais calorosa e prazerosa”, afirma.

Serão 931 alunos se apresentando no campus Maracanã, em auditórios do bloco F e salas do Instituto de Letras e da Faculdade de Educação. Além disso, 15 alunos da Faculdade de Tecnologia (FAT) se apresentarão no Sesi de Resende. 

A expectativa para a volta presencial é grande, de acordo com Ana Paula. “Esperamos que os alunos aproveitem essa oportunidade. Eles terão um feedback muito pontual sobre as suas pesquisas e isso contribui para a formação de nossos futuros pesquisadores, que assim adquirem experiência para desenvolverem um pensamento crítico em termos de iniciação científica”, ressalta.

Mostra em modelo híbrido

As possibilidades e os recursos oferecidos pelo formato remoto, descobertos durante a pandemia, serão explorados na 24ª Mostra de Extensão, promovida pela PR3, com apresentação de centenas de vídeos sobre os projetos de extensão. Mas o público também vai poder curtir atividades presenciais durante toda a semana, em diferentes lugares.

A Feira de Prestação de Serviços e o Espaço Ciência ocuparão o Centro Cultural da Uerj (Coart), de 8 a 10 de novembro, oferecendo serviços como vacinação, informações sobre infecções sexualmente transmissíveis, aconselhamento e monitoramento de pessoas com diabetes, além de exposições científicas destinadas a estudantes dos ensinos fundamental e médio. 

A programação cultural da mostra contará com performances e oficinas, exibição de corais, atividades com os povos indígenas da Aldeia Maracanã e estúdio móvel da Rádio e da TV Uerj.

A pró-reitora de Extensão e Cultura, Cláudia Gonçalves, destaca que a 31ª edição da USM propicia a interação com os estudantes das redes municipal e estadual de ensino, além das escolas particulares, que se inscrevem com antecedência para participar das atividades de ensino, pesquisa, extensão e cultura. “A Uerj Sem Muros abre as portas da Universidade para a comunidade externa, de forma a democratizar o conhecimento, cumprindo com a função social de compartilhamento de saberes, de compreensão da pluralidade de ideias e visões de mundo e de transformação da sociedade”, sintetiza.