Uerj prorroga atividades remotas até 31 de dezembro e define calendário acadêmico para 2020.2

11/03/202018:40

Diretoria de Comunicação da UERJ

Acesse essa notícia regularmente para manter-se atualizado sobre os procedimentos internos da Uerj. Última atualização em 30 de novembro de 2020.

Com os objetivos de conter a propagação da Covid-19 e proteger a comunidade universitária, principalmente diante da volta do crescimento no número de casos, o reitor em exercício da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Mario Sergio Alves Carneiro, prorrogou a suspensão das atividades presenciais não essenciais até o dia 31 de dezembro de 2020.

O Ato Executivo de Decisão Administrativa (AEDA) 079/2020 considera as recomendações da Comissão para Acompanhamento e Suporte à Tomada de Decisão sobre o Coronavírus na Universidade e o novo Período Acadêmico Emergencial (PAE), aprovado pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Csepe), no dia 26 de novembro.

Calendário 2020.2

Em virtude do contexto atual da pandemia de Covid-19, que ainda não oferece segurança para retomada presencial das atividades letivas, o calendário acadêmico referente ao semestre 2020.2 mantém as aulas a distância. Assim como em 2020.1, o novo PAE também terá duração de 14 semanas. As aulas vão ocorrer de 22 de fevereiro a 29 de maio de 2021.

As inscrições em disciplinas deverão ser feitas de 2 a 10 de fevereiro, exceto para os calouros. Aqueles que foram aprovados no Vestibular Estadual 2020 precisam dar o aceite da inscrição já em dezembro, nos dias 7 a 9, conforme edital complementar (https://www.vestibular.uerj.br/wp-content/uploads/2020/11/Edital-complementar-de-matricula-2020.2.pdf). Para todos, o prazo de alterações (SAID) vai de 22 de fevereiro a 8 de março, mas o cancelamento de disciplinas poderá ser requerido, excepcionalmente, até 29 de abril.

A Deliberação nº 18/2020, que normatiza o PAE, ressalva que as atividades letivas precisam ser divididas entre síncronas e assíncronas, mas com prevalência das que ficam disponíveis a qualquer tempo, levando em conta que as condições de acesso dos alunos aos meios tecnológicos muitas vezes não são ideais. Acrescenta também que o controle de frequência deverá considerar variadas formas de participação, de acordo com a proposta pedagógica de cada curso, sendo recomendado evitar a reprovação por frequência amparada apenas no cômputo da presença nas atividades síncronas.

O documento menciona a necessidade de um cadastro de pessoas com deficiência, com o objetivo de assegurar atendimento individualizado. Estabelece ainda a avaliação da disponibilidade de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de serviço de legendagem das aulas, assegurando acessibilidade aos estudantes com deficiência auditiva.

Segundo o reitor Ricardo Lodi, a inclusão digital será ampliada em 2020.2. “No PAE 1, tivemos o pagamento do auxílio emergencial e a distribuição de pacotes de dados, mas não conseguimos ter os tablets como gostaríamos, devido à demora na liberação dos recursos pelo governo do Estado. Mas agora os equipamentos já estão chegando, estamos entregando os primeiros e certamente teremos um PAE 2 com um grau bem maior de inclusão digital, em razão dessa possibilidade que facilitará a vida dos nossos alunos”, afirmou.

Além do calendário da graduação, também foi aprovado o relativo ao 3º ano do ensino médio do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-Uerj). Para esses alunos, as aulas irão de 3 de fevereiro a 27 de março de 2021.

Confira os documentos na íntegra.

Ato Executivo de Decisão Administrativa (AEDA) 079/2020

Deliberação nº 18/2020