Uerj completa 73 anos de excelência na educação; homenagens a servidores e depoimentos marcam comemoração

04/12/202313:54

Diretoria de Comunicação da UERJ

 

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) comemora, neste 4 de dezembro, 73 anos de excelência na educação e compromisso social. Em um ano marcado pelo retorno do calendário acadêmico com períodos letivos no formato original, após o fim da pandemia de Covid-19, diversas conquistas foram alcançadas, tornando a celebração ainda mais significativa.

Toda a comunidade está convidada a celebrar essa data especial, no dia 13 de dezembro, a partir das 15h, no Teatro Odylo Costa, filho, campus Maracanã. Como forma de reconhecimento, a solenidade vai prestar uma homenagem aos 206 servidores que alcançaram, em 2023, 25 e 40 anos de dedicação à Uerj. Na ocasião, será entregue também o Prêmio Anísio Teixeira, que, em sua terceira edição, será concedido a 20 técnicos administrativos que se destacaram em suas atividades este ano. 

Permeada de atrações musicais, a festa terá uma apresentação do trio de MPB formado por Rô Araújo (voz), João Marcelo Oliveira (bateria) e Ricardo Benevides (guitarra). Já no encerramento, o público poderá conferir o show do grupo SER – Samba-Enredo de Raiz.

Como parte das comemorações, a Diretoria de Comunicação Social (Comuns) está promovendo uma campanha no Instagram Uerj.oficial: os participantes que responderem à pergunta “O que você mais gosta na Uerj?” vão concorrer a um kit exclusivo com ecobag, caderno universitário de 96 folhas, lápis, caneta e copo retrátil. Os autores dos dez depoimentos mais curtidos ganharão os brindes. O prazo para concorrer é até as 20h do dia 7 de dezembro e o resultado será divulgado no dia 8. Além disso, um filtro comemorativo aos 73 anos da Uerj será disponibilizado aos seguidores nos stories do perfil.

Recuperação após a pandemia

Uma das boas notícias nesses 73 anos foi a retomada do crescimento dos indicadores da Universidade após a crise de 2016 e 2017 e a pandemia de Covid-19 a partir de 2020. O Anuário Estatístico de Dados – DataUerj 2023 revelou que o número de alunos matriculados na Uerj em 2022 superou a população de municípios como Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, Itatiaia, no Sul Fluminense, e outras 41 cidades do estado. Houve um crescimento de 7,95% em relação ao total do ano anterior.

Atualmente, a Uerj conta com mais de 38 mil estudantes, 3 mil professores e 5 mil técnicos administrativos, evidenciando que a recuperação foi consolidada em 2023. Esses números, que mostram a grandiosidade da instituição, foram reunidos em 2023 em uma nova folheteria, impressa e disponível em formato online. 

Volta do Vestibular ao modelo tradicional

Em mais um indício de retomada da rotina, o Vestibular Estadual 2024, para ingresso nos cursos de graduação, retornou ao modelo anterior à pandemia. Depois de três anos de adoção de um exame único, o processo seletivo voltou a ter dois exames de qualificação e um exame discursivo, permitindo avaliar de forma mais precisa os candidatos. A novidade ficou por conta da abertura de vagas nos cursos de graduação em Medicina, Geografia e Ciências Ambientais no novo campus da Uerj em Cabo Frio.

Início das obras na Uerj-ZO

Uma iniciativa muito aguardada pela comunidade acadêmica e a população local foi o lançamento do marco fundamental do novo campus da Zona Oeste, em setembro. Após o término das obras de requalificação, a atual sede será transferida para o prédio situado na Rua Engenheiro Trindade, 229, no centro do bairro de Campo Grande, construção antes ocupada pelo antigo Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos. As novas instalações vão atender a mais de dois mil alunos matriculados em nove cursos de graduação e quatro de pós-graduação já existentes, vinculados à Faculdade de Ciências Biológicas e Saúde (FCBS) e à Faculdade de Ciências Exatas e Engenharias (FCEE).

Ações de Promoção da Saúde nos campi

Apostando no conceito positivo de práticas preventivas, a Pró-reitoria de Saúde (PR5) inaugurou instalações nos campi de Nova Friburgo e Zona Oeste. O Serviço de Promoção da Saúde Universitária (SPSU) disponibiliza atendimento primário para a comunidade acadêmica e a Sala de Apoio à Maternidade proporciona conforto e segurança para que as mães servidoras e alunas possam amamentar seus bebês ou ordenhar o leite.

Ações de apoio ao bem-estar da comunidade acadêmica como essas, que vêm sendo desenvolvidas pela Uerj nos últimos dois anos, receberam o reconhecimento da Rede Ibero-Americana de Universidades Promotoras da Saúde (Riups), que concedeu à instituição a certificação como Universidade Promotora da Saúde.

Primeira cirurgia de transplante de fígado no Hupe

A Uerj comemorou conquistas também na medicina. O Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe) realizou pela primeira vez, em outubro deste ano, um transplante de fígado. A cirurgia, que representa um marco na história da Universidade, ocorreu com sucesso e o quadro do paciente ficou estável. A unidade de saúde já transplantava rim, córneas e coração.