“Suicídio e Luto à sombra da Pandemia” pautam a programação especial do Setembro Amarelo na Uerj

15/09/202011:23

Diretoria de Comunicação da UERJ

O evento on-line acontece de 28 de setembro a 1º de outubro

Todos os anos, o mês de setembro ganha uma brilhante e importante cor. A campanha Setembro Amarelo tem como objetivo conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio e dar visibilidade à causa. 

No Brasil, o movimento existe desde o início da década de 2010 por iniciativa da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Centro de Valorização da Vida (CVV), associando a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro). Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa morre por suicídio no mundo e, a cada três, alguém atenta contra a própria vida. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos e, no Brasil, o quadro também é alarmante – o CVV relata que mais de 30 pessoas tiram a própria vida por dia. 

Sensível a essa realidade, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) vem desenvolvendo ações e programas de apoio e atendimento psicológico que abrangem tanto a sua comunidade interna como a externa. O Departamento de Acolhida, Saúde Psicossocial e Bem-estar da Uerj (Daspb), vinculado à Pró-reitoria de Política e Assuntos Estudantis (PR-4), é um deles. O Departamento, antigo Núcleo de Acolhida ao Estudante (Nace), busca estabelecer um fluxo permanente de acolhimento a estudantes que precisam de suporte emocional, pedagógico e/ou social.


Setembro Amarelo na Uerj

O Uerj pela Vida é outra importante iniciativa já tradicional na Universidade. O programa de extensão do Instituto de Psicologia é voltado à prevenção e posvenção do suicídio, aberto a todos em situações relacionadas ao tema, como tentativa, ideação e luto. “As estatísticas mostram que o suicídio em casa aumentou durante o período de pandemia, além de muitas pessoas estarem perdendo entes queridos para a Covid-19. Por isso, investimos em atendimentos on-line. Eles são feitos por mim e mais três psicólogos voluntários”, explica Ana Feijoó, coordenadora do programa.

Além do atendimento ao público, o Uerj pela Vida, em parceria com o Laboratório de Fenomenologia e Estudos em Psicologia Existencial da Uerj (Lafepe) e o Instituto de Psicologia Fenomenológico Existencial do Rio de Janeiro (Ifen), está organizando uma série de lives para abordar mais profundamente esses assuntos: Setembro Amarelo – Suicídio e luto à sombra da pandemia. “O evento que marcará essa campanha de Setembro Amarelo é mais do que informativo, é terapêutico. As pessoas sentem muita culpa por terem perdido um familiar. Neste evento, o nosso maior objetivo é fazê-las entender que não são culpadas e ajudar a eliminar essa dor”, destaca Ana Feijoó.

Saiba mais sobre a relação entre pandemia, depressão e suicídio no Uerj Entrevista. Neste episódio, o programa da Rádio Uerj recebe o pesquisador e professor do Instituto de Psicologia Alberto Filgueiras. 


Confira a programação do evento 

“Setembro Amarelo – Suicídio e luto à sombra da pandemia” acontece de 28 de setembro a 1º de outubro. A transmissão ao vivo será feita pelos canais do Lafepe e do Ifen, no YouTube.

28 de setembro – Suicídio e luto à sombra da pandemia – 19h 

  • Suicídio à sombra da pandemia – Dr. Dimitri Abramov (Unifase/Fiocruz)
  • Luto em tempos de pandemia – Drª Ana Maria Lopez Calvo de Feijoó (Uerj)

29 de setembro – A despedida da vida e a Covid-19 – 19h 

  • Informes sobre suicídios durante a quarentena – Psicóloga Maria Bernadete Lessa (Lafepe/Ifen)
  • Causas e motivos nas cartas de despedida da vida – Myriam Moreira Protásio (Lafepe/Ifen)
  • Dados numéricos sobre a procura do CVV em tempos de quarentena – Graça Araújo (CVV)

30 de setembro – A experiência dos sobreviventes de suicídio e de Covid-19 – 19h

  • Considerações sobre o luto nas pandemias – Jaynete de Sousa França (Uerj – Iniciação Científica CNPq)
  • A experiência do luto dos pais pelo suicídio de seus filhos – Susanne Oliveira dos Santos (Uerj – Iniciação Científica Faperj)
  • O acolhimento a estudantes enlutados pelo suicídio de uma colega de classe – Psicólogo Guilherme da Silva Sant’Anna. (PPGPS- Uerj)

1 de outubro – Ensaios sobre suicídio, luto, esquecimento e arte – 19h

  • Duas narrativas sobre o suicídio em Dostoiévski – Victor Portavales Silva (PPGPS- Uerj)
  • Esquecimento e luto – Psicólogo Flávio Breno Cruz Formigosa (PPGPS- Uerj)
  • Morte em um minuto – Psicólogo Yan Souza de Almeida (PPGPS- Uerj)
  • Suicídio e arte – Ana Paula Lopes (Cefet)