Uerj homenageia ex-reitor Charley Fayal de Lyra com Medalha da Ordem do Mérito José Bonifácio (in memorian)

11/11/202117:53

Diretoria de Comunicação da UERJ

O professor Charley Fayal de Lyra, ex-reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), foi homenageado, nesta quinta-feira (11), em cerimônia no Teatro Noel Rosa, no campus Maracanã. Fayal, que completaria 100 anos nesta data, foi agraciado com a Medalha da Ordem do Mérito José Bonifácio no grau de grão-oficial (in memorian), entregue a seu filho Carlos Eduardo Fayal de Lyra. 

Cirurgião-dentista, Fayal dirigiu as Faculdades de Odontologia da UFRJ e da Uerj, sendo um dos responsáveis pela criação desta, no final dos anos 1960. Tornou-se reitor no quadriênio de 1984 a 1988, tendo sua gestão marcada por ações relevantes, que reverberam até os dias atuais.

 O início da implantação do primeiro plano de cargos e salários dos professores aconteceu sob sua responsabilidade. A criação do programa de monitoria e do Centro de Treinamento de Alunos (Cetreina) também. Ele inaugurou a sala de exposições Candido Portinari e reorganizou o núcleo editorial, transformando-o em uma editora, a atual EdUerj.

Fayal debateu, junto com Darcy Ribeiro, os processos de reformas curriculares dos cursos universitários. E defendeu a criação de programas de mestrado e doutorado que até então não existiam. Em suas palavras na época, “a Uerj saiu de uma condição de escola técnica superior para uma verdadeira universidade”.

“É uma emoção muito grande comemorar o centenário do meu pai em um lugar ao qual ele dedicou grande parte dos esforços da sua vida, desde a criação da Faculdade de Odontologia até o período à frente da Reitoria. Este último aconteceu em um momento de transição democrática muito difícil e, mesmo assim, ele conseguiu conciliar todas as forças competentes e fazer uma grande gestão, sendo reconhecido por todos, mesmo os que inicialmente faziam críticas”, lembrou Carlos Eduardo. 

O reitor Ricardo Lodi ressaltou que a homenagem é uma forma de buscar referências importantes no passado. “As pessoas precisam conhecer a história da Universidade e esse período (da gestão de Fayal) foi muito rico, na passagem da ditadura para a democracia, do regime autoritário para o regime democrático, e deixou marcas como a implementação do primeiro plano de cargos e salários, que permitiu que os professores deixassem de ser horistas e passassem a estatutários. Com isso, se deu um salto na pesquisa e na extensão. Foram contribuições fundamentais para o que a Uerj é hoje, concluiu.

Além do reitor e do filho do homenageado, a mesa solene contou também com as presenças do vice-reitor e ex-diretor da Faculdade de Odontologia, Mario Sergio Alves Carneiro; do professor aposentado e também ex-diretor da unidade, Milton Jabour; e do atual diretor, Ricardo Fischer.

Medalha José Bonifácio

 A Ordem do Mérito José Bonifácio foi criada pela Universidade no ano de 1972 e tem como objetivo homenagear personalidades nacionais e estrangeiras que se notabilizaram no campo da educação e da cultura, fazendo jus ao grau honorífico que tem como referência máxima o Patriarca da Independência.

A comenda destinada ao ex-reitor Charley Fayal de Lyra é o reconhecimento à sua trajetória acadêmica e dedicação à Uerj, contribuindo para a consolidação e a excelência da instituição.