Estudantes da Uerj se unem em campanha solidária de doação de sangue para o Hospital Universitário Pedro Ernesto

26/03/202117:10

Diretoria de Comunicação da UERJ

O que alunos de Física têm em comum com os de Medicina? Existe alguma afinidade entre os calouros de Química e os novatos do curso de Enfermagem? Estudantes da Uerj estão prontos para responder a estas perguntas com uma palavra-chave: solidariedade. Um grupo de veteranos encampou a missão de convocar os calouros e demais alunos da Universidade para doar sangue, ato solidário que pode salvar até quatro vidas com uma única doação.

Integrantes de todos os centros acadêmicos, Diretório Central dos Estudantes (DCE) e atléticas dos cursos de graduação se uniram ao Banco de Sangue Herbert de Souza, do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe/Uerj), para comandar a campanha Juntos pela Vida. A iniciativa, lançada neste mês, pretende estimular a doação de sangue entre os discentes de todos os campi da Universidade. 

Cultura de salvar vidas 

A campanha é inspirada no Projeto Sangue, atividade de extensão da Faculdade de Enfermagem que, no início do ano passado, antes da pandemia, plantou a ideia de estimular os calouros à doação de sangue.  E o que seria um trote solidário acabou se expandindo para uma conscientização geral do corpo estudantil, como define um dos veteranos que integram a equipe de organização, Caio Cler dos Santos, do 8º período de Engenharia Química e presidente do Centro Acadêmico do Instituto de Química. “Esta campanha tem a importância de salvar vidas e de podermos criar uma cultura de doação de sangue dentro da comunidade da Uerj; uma cultura de salvar vidas”, enfatiza. 

Na opinião da assistente social e organizadora da campanha, Regina Rangel, a união gerada por todos na produção da campanha já aponta o sucesso que esta ação pretende alcançar. “A Campanha Juntos pela Vida é fundamental para unificar a comunidade acadêmica, por meio da organização dos estudantes em prol da importância da doação de sangue, principalmente neste momento de pandemia”, diz.

Ecoar ações que unem toda a comunidade é um dos maiores ganhos, na opinião da chefe do setor de hemoterapia do Hupe e professora da Faculdade de Ciências Médicas Flávia Miranda Bandeira, responsável técnica pelo Banco de Sangue. “Uma campanha assim traz consciência de coletividade e sociedade, provoca a sensação de pertencimento e cidadania, além de mostrar a união de todos pelo bem maior que temos: a vida”. 

Como participar 

Com as aulas remotas e diante das restrições impostas pela pandemia, foi montado um site para organizar a lista de doadores e fazer os agendamentos. O preenchimento é simples: basta inserir os dados e conferir os requisitos para ser um doador. A ideia é ter diariamente até dez doadores de cada curso de graduação da Uerj. Essa restrição tem como finalidade evitar aglomeração no local, porém, não limitará a ação, pois a campanha se estenderá até julho.

Agende sua doação e ajude a salvar vidas! Acesse: https://doity.com.br/juntos-pela-vida 


Condições básicas para doação de sangue

  • Ter entre 16 e 69 anos de idade
  • Estar em boas condições de saúde / Não ser portador de doenças cardíacas ou diabetes / Pessoas que contraíram o coronavírus somente poderão doar 30 dias após o desaparecimento dos sintomas
  • Evitar a ingestão de álcool nas últimas 12 horas pré-doação
  • Pesar mais de 50 Kg
  • Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade
  • Ter dormido bem na noite anterior à doação
  • Estar bem alimentado, evitando alimentação gordurosa até 4 horas antes da doação
  • Não estar grávida e/ou amamentando
  • Apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial.

Confira os depoimentos de quem já participou da campanha e inspire-se:

Matheus Pinheiro, estudante de Administração

Clara Quintaneira, estudante de Comunicação Social

(Por Coordenadoria de Comunicação Social do Hupe/ComHupe)