Diretoria de Cooperação Internacional recebe inscrições para programa de apoio a intercambistas na Uerj

28/11/202314:28

Diretoria de Comunicação da UERJ

Estão abertas, até as 15h do dia 4 de dezembro, as inscrições de alunos voluntários para o programa Amigo Internacional 2024. A convocatória, promovida pela Diretoria de Cooperação Internacional (Dircint) da Uerj, visa oferecer apoio aos estudantes estrangeiros em mobilidade acadêmica na Universidade, além de estimular a interculturalidade dentro dos campi da instituição. Cada participante vai acompanhar um intercambista, desde sua chegada ao Rio de Janeiro, auxiliando-o nas questões práticas de adaptação à Uerj e à nova cidade e, quando possível, fazer com ele atividades de lazer e turismo.

Os selecionados vão ajudar os estrangeiros na busca de moradia e orientar sobre meios de transporte para melhor compreensão da rotina e mobilidade urbana. Também devem instruir sobre o preenchimento de formulários e documentos, acesso ao Restaurante Universitário (RU), ID Único e a inscrição em disciplinas, com atenção especial às informações e prazos do calendário acadêmico.

Para se candidatar, o aluno da Uerj precisa ter cursado pelo menos um ano ou dois semestres letivos e estar regularmente matriculado. Os interessados devem preencher o formulário online, anexando em um único arquivo PDF: o termo de responsabilidade, um documento de comprovação da proficiência em idioma estrangeiro (preferencialmente inglês, espanhol, francês, alemão, italiano ou japonês) e a carta de motivação, redigida em português. Ao final do trabalho, aqueles que forem bem avaliados vão receber um certificado de horas complementares, conforme a carga horária dedicada ao projeto.

“Este edital marca a retomada do programa, que teve outras edições antes da pandemia. Nossa expectativa é de que a procura seja grande. Inclusive, vários discentes já manifestaram interesse em participar desta importante iniciativa”, comemora a professora Cristina Russi, responsável pela Dircint.

Oportunidade

Caio Luiz Viégas Dério, 28, analista na ONG Médicos Sem Fronteiras e egresso do curso de Relações Internacionais da Uerj, foi um dos colaboradores do programa Amigo em 2019. “Minha experiência foi bastante nostálgica e reflexiva, pois recordei do meu intercâmbio na França. Aqui, tive contato com uma aluna portuguesa, que queria saber de tudo um pouco: como era a Universidade e a vida no Rio, principalmente as festas”, relata.

“Foi uma troca interessante e desafiadora, porque nos deparamos com algumas questões importantes com pesos diferentes para cada um. Ela sentia um misto de entusiasmo de ir a todos os lugares possíveis na cidade e medo da violência, devido à imagem do Brasil lá fora”, acrescenta.

Apesar de o objetivo central do programa ser o apoio aos estudantes estrangeiros, Caio pondera que a convivência é valiosa para os brasileiros. “Acredito que todos deveriam participar ao menos uma vez, pois a interação cultural é muito rica e desperta um maior desejo de conhecer o mundo. Enquanto ainda não é possível para muitos por questões financeiras, esse intercâmbio é uma forma de ‘visitar’ outros países sem sair da Uerj”, finaliza.

Dúvidas ou pedidos de informações podem ser enviados para intercambio@dircint.uerj.br