Exposição coletiva e virtual sobre a fé em São Jorge

Início: 24/04/202000:00 | Término: 20/12/202000:00

Diretoria de Comunicação da UERJ

O Departamento Cultural da Uerj iniciou, no dia 24 de abril, a exposição coletiva “Na proteção e de ronda: a fé em São Jorge e a fé em Ogum” através do ambiente virtual do Museu Afrodigital Rio de Janeiro. A proposta da mostra é apresentar a importância e presença da Festa de São Jorge nas ruas da cidade.

Com curadoria de Ana Paula Alves Ribeiro e Maria Alice Rezende Gonçalves, a exposição busca falar da celebração e religiosidade em momentos de isolamento social, devido à Covid-19. Além disso, também faz parte do projeto de extensão “Festas populares de matriz africana no Rio de Janeiro: Samba, Carnaval, Iemanjá, São Jorge, entre outros festivais”, desenvolvido no âmbito do Museu Afrodigital Rio de Janeiro/Decult/PR3/Uerj.

Até agora, a exposição recebeu as séries fotográficas “Da presença de São Jorge nas cidades”, de Aparecida Silva;  “Fechados com as armas de Jorge”, de Bárbara Copque; “Caminho de Azul Rei”, de Diogo Nunes; “Vermelho 23 de Abril”, de Isaac Ramos; e “Santo Orixá Cristão Guerreiro”, de Tetê Silva. Serão aceitos registros pelos e-mails museuafrorio@gmail.com ou museuafrodigital.rio.coord@gmail.com até 1º de outubro, dos seguintes temas:

  • Das festas no entorno do Campo de Santana e das celebrações

  • Da semana de festa na Igreja de São Jorge, em Quintino, e suas celebrações;

  • Da devoção de São Jorge e sua presença em escolas de samba (incluindo a Carreata de São Jorge do Império Serrano);

  • Das festas nos terreiros;

  • Da presença de São Jorge nas cidades; incluindo as da Baixada Fluminense e da Região Metropolitana como um todo;

  • Fotografias históricas;

  • Registros de pesquisas acadêmicas.

Após o recebimento dos registros, a exposição continuará aberta permanentemente até 20 de dezembro de 2020, mas já pode ser acessada aqui