UERJ recebe autoras francesas no Mês da Francofonia

26/03/201910:49

Diretoria de Comunicação da UERJ

Todo ano, o mês de março é dedicado a uma série de atividades que promovem a língua francesa e a diversidade cultural das comunidades envolvidas com o idioma francês – o nono mais falado no mundo. Aberta às diversas manifestações artísticas e culturais que compõem o chamado Mês da Francofonia, a UERJ recebe, ao longo desta semana, duas importantes atividades do calendário especial.

No dia 26 de março, às 10h, a jovem escritora francesa Pauline Delabroy Allard participa de um bate-papo no Instituto de Letras sobre seu primeiro romance, o elogiado Ça raconte Sarah. Sucesso de público e crítica na França e indicado ao prestigiado Prix Goncourt (um dos principais prêmios literários do país), o livro foi lançado em 2018 pela editora Les Editions de Minuit.

A obra de Allard trata da paixão entre duas mulheres e ela se inspira em sua própria experiência para falar sobre temas como solidão e maternidade. O evento é gratuito e contará com tradução simultânea francês-português. O bate-papo acontece na RAV 112, 11º andar, campus Maracanã.

Já no dia 28, às 14h, a pesquisadora Magali Mazuy, do Instituto Nacional de Estudos Demográficos da França, fará palestra intitulada “Violência contra mulheres na França: progressos e permanências”. Integrante do Centro Max Weber (importante laboratório francês de pesquisas sociais), Mazuy enfoca em seus trabalhos os caminhos e vulnerabilidades da vida das mulheres e participa de uma série de investigações sobre assuntos como violência de gênero, aborto e situações familiares.

A palestra também é gratuita e acontece na sala 10.005, no Instituto de Medicina Social, 10º andar do bloco F, campus Maracanã. As atividades são realizadas a convite da Embaixada da França e do Consulado da França no Rio.

Professor do setor de Francês do Instituto de Letras, Pedro Magalhães exalta a participação da Universidade no calendário de atividades: “No mês que celebra a Francofonia, o tema central é o direito das mulheres. Isso mostra a participação ativa da UERJ e sua sensibilidade a temas contemporâneos tão importantes”, afirma. 

O Dia Internacional da Francofonia é celebrado anualmente em 20 de março. Em 2019, os eventos da programação em todo o Rio de Janeiro seguem o eixo temático “As mulheres na francofonia”.