Prefeitura dos campi realiza obras de melhoria no campus Maracanã

09/07/201915:15

Diretoria de Comunicação da UERJ

Com investimento em obras, manutenção e reparação, a Prefeitura dos Campi tem avançado no trabalho de melhoria na infraestrutura e segurança da UERJ. Entre as obras em andamento, estão a recuperação estrutural do Pavilhão João Lyra Filho (PJLF) e do Centro Cultural e a troca de tubulações do sistema hidráulico de prevenção de incêndio do campus Maracanã.

Se encontram em processo de recuperação: Fachada interna do bloco F, do Pavilhão João Lyra Filho; as Fachadas dos blocos A, B, C, D e E, do PJLF; as Rampas e passarelas do PJLF. As obras foram iniciadas em maio deste ano e vêm sendo realizadas pela empresa GHS Engenharia. O prazo total para a execução dos reparos é de 210 dias . Além dessas, a recuperação das fachadas do Teatro Odylo Costa Filho também está prevista e será iniciada em breve.

As intervenções consistem nas seguintes etapas: avaliação dos prédios, retirada do material desagregado e execução da revitalização, com limpeza da estrutura. Segundo o diretor do Departamento de Arquitetura e Engenharia, Antônio David da Serra Neves, a recuperação de fachadas tem a segurança como uma das principais motivações. “A obra que está sendo desenvolvida não é somente estética, mas sim de grande importância para a segurança de quem transita pelo campus”, disse.

A fachada do Pavilhão João Lyra Filho voltada para a Rua São Francisco Xavier  já foi previamente recuperada  através de dois processos distintos, entre os anos de 2009 e 2013. O primeiro teve como objeto o trecho central do prédio (bloco DED’), onde se situam os auditórios. Através do outro processo, foi recuperado  o trecho compreende a área entre a Diretoria de Comunicação (COMUNS) até a Prefeitura dos Campi (blocos B’C’ e A’).

Substituição da tubulação hidráulica do sistema de prevenção a incêndio do campus

Entre as atividades de promoção de segurança está a troca de toda a tubulação hidráulica do sistema de prevenção de incêndio da Universidade. Os serviços, já em andamento, estão sendo realizados pela empresa MPE Engenharia. A obra tem previsão de término para o mês de novembro.

Uma das principais melhorias é a troca de toda a tubulação que permite, em caso de emergências, acesso mais rápido à água. Dentre os componentes substituídos estão os barriletes, conjunto de dutos que saem dos reservatórios para as 19 colunas de distribuição. Dessas, 17 já se encontram em processo de finalização. A parte visível do sistema, as mangueiras de combate a incêndio, também está sendo trocada em todos os pontos. Além disso, outros projetos também estão sendo desenvolvidos. Serão implantados sprinklers – componente do sistema de combate a incêndio que, ao detectar altas temperaturas, libera água automaticamente – e caixas de hidrantes nas calçadas, que facilitarão o acesso pelo corpo de bombeiros em caso de emergências.

A instituição está empenhada em aumentar o bem-estar da comunidade. Além das citadas, a reforma dos elevadores e o programa de eficiência energética da Universidade também fazem parte do compromisso da Administração Central e da Prefeitura dos Campi. Com o propósito de promover ainda mais melhorias, essas e outras obras seguem em pleno desenvolvimento.