Nota da Reitoria sobre eventos no campus Maracanã

03/05/201918:41

Diretoria de Comunicação da UERJ

A possibilidade da exposição de ideias, acompanhada do devido debate, sempre com o olhar crítico, cordial, pacífico e democrático, é, por certo, o que há de melhor nas diretrizes que norteiam a condução de uma universidade.

Com a nossa Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) não é diferente!

Plural por essência, é a partir dessa magnânima diretriz que os paradigmas podem ser revistos e a sociedade transformada; que o conhecimento pode ser produzido e transmitido; e que os meios de produção e os produtos podem ser ampliados e aperfeiçoados.

Por isso, todo debate que agregue conhecimento é bem-vindo no espaço universitário!

A ampla pluralidade de ideias é assegurada pelo art. 42 do Estatuto da nossa UERJ, por impedir que o discurso ideológico de um partido ou de qualquer coligação ofusque outras tantas facetas de um problema, distorcendo-o.

Em nosso local de trabalho, ainda que apartidário, não podemos nos furtar ao debate político, no seu conceito mais puro, haja vista que esse faz parte do campo de estudo em várias disciplinas acadêmicas, estando a Universidade, assim, aberta à discussão dos grandes temas políticos do País e do mundo, e franqueada a todas as correntes do pensamento.

A UERJ não será utilizada para propaganda eleitoral, mas está pronta para buscar a melhoria do diálogo, propiciando o encontro do contraditório e o exercício de sua nobre missão institucional: a produção da ciência e a transmissão do conhecimento, com ética.

Essa visão é corroborada pelo amplo espectro de relacionamentos que a universidade tem com os diversos atores de nossa sociedade, em especial o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), a quem somos vinculados.

Depois de termos enfrentado a mais grave crise de nossa história, em muito devida ao passado governo, e superada graças aos esforços e ao trabalho obstinado de todos os servidores e amigos da nossa Universidade, é imperativo constatar que a interação entre a UERJ e a SECTI é produtiva, o que é determinante para a reafirmação de uma universidade forte, autônoma e democrática.

Dessa forma, reafirmamos o caráter apartidário e plural da UERJ.

Reitoria da UERJ