Livro analisa a trajetória da literatura para jovens e crianças

08/11/201817:37

Diretoria de Comunicação da UERJ

Na quarta-feira, 28 de novembro, a Editora da UERJ lança o livro Literatura, leitura e educação, organizado por Márcia Cabral da Silva e Estela Natalina Mantovani Bertoletti, na Livraria Arlequim, no Paço Imperial. Os ensaios, assinados por especialistas de instituições diversas, propõem reflexões sobre a trajetória do livro de ficção para a criança e para o jovem no sistema literário e educacional brasileiros.

Um dos temas abordados pelo livro é a produção acadêmica acerca da literatura para jovens e crianças. É o caso do capítulo que atenta para as dissertações e teses, produzidas entre 1970 e 2016, com enfoque na literatura infantil. Na mesma linha, outro autor examina os argumentos de Cecília Meirelles e Leonardo Arroyo sobre esse gênero de produção literária.

Outro objeto de interesse apreciado pela obra é o universo ficcional criado por quem escreve para jovens e crianças. Há análises sobre a revista Tico Tico, célebre publicação que data de 1905, e sobre a poesia destinada à leitura na infância, destacando criações de autores como Gonçalves Dias, Casimiro Abreu e Vinicius de Moraes. Também foi contemplada a poesia atual, criada em saraus ou aquela produzida para páginas de facebook.

Por fim, alguns autores analisaram programas governamentais de incentivo à leitura escolar no Brasil e os critérios de escolha das obras literárias.  Nesse grupo se insere o capítulo sobre o Literatura em minha casa, programa de incentivo à leitura, ou o ensaio que averigua a representação social no acervo do Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE).

A dificuldade de acesso a bibliotecas públicas, assim como a concorrência de games, internet e televisão, colaboram por restringir a leitura do jovem ao ambiente escolar. Diante deste contexto, o livro da EdUERJ fornece as pistas necessárias para aqueles que desejam desbravar os caminhos para a formação de leitores. Trata-se, assim, de uma valiosa abordagem historiográfica que contribui para os estudos na área das ciências humanas.

O lançamento ocorre no dia 28 de novembro, das 18h às 20h, na Livraria Arlequim (na Praça XV de Novembro, 48, Loja 1, no Paço Imperial). Na ocasião, haverá debate com os autores.