UERJ lança Ano Institucional Carmen Portinho

12/03/201914:03

Diretoria de Comunicação da UERJ

A UERJ lançou o Ano Institucional Carmen Portinho nesta terça-feira (12/03). A Cerimônia foi realizada no Campus Maracanã e celebrou a história e trajetória da engenheira e urbanista, além do centenário da criação da Liga para Emancipação Intelectual da Mulher no Brasil na qual Carmen foi co-fundadora.

A Universidade todo ano escolhe uma personalidade marcante para homenagear durante o ano. Em 2019, a UERJ celebra a professora Carmen Portinho, que esteve à frente da Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI) por mais de duas décadas. Foi a terceira engenheira civil no país e a primeira urbanista.

A vice-reitora da UERJ, Maria Georgina Muniz Washington, que trabalhou com Carmen, ressaltou a escolha de uma mulher forte e inspiradora, destacando o pioneirismo da engenheira e seu ativismo social e político.

“Nós vamos homenagear uma mulher comemorando os cem anos da criação da Liga para Emancipação Intelectual da Mulher no Brasil. Carmen Portinho, mulher feminista, engenheira e, com muito orgulho, uma uerjiana”, disse a vice-reitora.

Durante a cerimônia, a sub-reitora de Graduação, Tânia Maria de Castro Carvalho Netto, ressaltou a importância das mulheres buscarem preencher  os espaços que historicamente são ocupados por homens, assim como a urbanista. “É preciso que ocupemos nosso lugar na altura que nós todas temos. Em qualquer lugar, com qualquer instrução que tenhamos. Salve as mulheres como Carmen Portinho.”

Além do descerramento dos painéis, o evento contou com a apresentação do Coral Altivoz, e distribuição de rosas vermelhas. Estiveram presentes  integrantes da administração central, professores, alunos, servidores e familiares da Carmen Portinho.

Confira o vídeo da TV UERJ sobre o lançamento aqui